A volta da cultura artesã através dos Pallets

artesanato-com-paletes

Antigamente, os móveis que compunham uma casa, todos os detalhes de construções e demais objetos era aferido por profissionais que faziam essas artes com as suas mãos, de forma caprichada e original, tendo linhas ideológicas diferentes para cada situação. Eles eram os famosos artesãos. Todos as minucias eram realizadas no mais alto critério, determinado, na maioria dos casos, pelas famílias que fazia o pedido. As marcas de obras onde a arte exalava tinha muito antes, mas pouco atualmente.

Nos dias de hoje, as produções dos mais variados objetos ficaram otimizadas. O valor da originalidade de um produto se perdeu com tempo. Obras enriquecidas de detalhes viraram empecilho do que prazer. O mundo se modernizou, tornando as ações mais rápidas e instantâneas. Contudo, ao mesmo tempo, fez com que pedaços importantes da civilização fossem perdidos com a passagem da vida, deixando o ser humano menos detalhista e mais óbvio.

Vários especialistas no ramo psíquico dizem que essa mudança acabou afetando no condicionamento mental do homem. Para a maioria, é melhor ter um objeto de forma rápida do que construí-lo com maior tempo de demora. Contudo, o que a maioria não consegue enxergar, atualmente, é que essa rapidez, na maioria das vezes, pode danificar a concepção de um projeto completo, através da falta de qualidade que, em muitos casos, acaba existindo.

É muito comum observamos vários produtos tendo defeitos graves em suas elaborações. O Recall de carros é um exemplo dos reflexos negativos desse modismo. A falta de percepção e argucia aos detalhes fizeram que o processo qualitativo fosse substituído pelo imediatismo, ocasionando grandes perdas para o ser humano em várias áreas, principalmente no campo da observação. E a tendência é que esse método de vida se virilize pelo mundo como um todo, deixando de lado a importância de uma boa observação.

Contudo, alguns exemplos estão mostrando que essa cultura pode estar voltando. No campo da sustentabilidade, várias pessoas estão aplicando esse conceito para reaproveitar objetos para o seu dia a dia, gerando características importantes, como o senso de criatividade. Vários objetos estão sendo usados para esse meio. Um dos mais contemplados e colocados como modelo são os Pallets Novos, que são retrabalhados para inúmeras atividades.

Produção maximizada = Perda de criatividade.

Linha de Manufatura.

Durante muitos anos, a alta demanda de produtividade extrema acabou ruindo com grande parte da característica humana de pensar e agir com criatividade. Nesse período, boa parte da população se viu num pensamento uniforme, onde os diferentes eram escrachados e excluídos do recinto. Nunca o senso de criar ficou tão rejeitado e deixado para trás como na época da guerra fria. Desenvolver algo novo significada ficar ao lado de alguma vertente política da época. Não se observava o bem geral, e sim, o combate ideológico.

Nesse período, características preciosas do homem se perdeu. Observar uma obra de arte e divagar com ela pelos pensamentos, aguçar a curiosidade, pensar no próximo quando elaborar um projeto, trabalhar com carinho e amor, criando em prol da sua felicidade, não do dinheiro (como é atualmente) foram alguns dos vários detalhes perdidos com o tempo. Antes, ser era mais importante do que ter. Mas nos dias de hoje esses valores se inverteram.

Eles acabaram afetando, de forma direta, vários trabalhos que tinha essa vertente, como o artesanato. Alguns historiadores constatam que foi nessa época que o mundo começou a desenvolver a cultura individualista e do ódio. Pensar numa construção harmônica agindo pela paixão e ganhando seu dinheiro pela obra como um sinal de recompensa pelo bom trabalho é uma essência rara de ser ver hoje em dia. Atualmente, a obrigação pesa muito mais do que um singelo sentimento de carinho pela atividade.

Sustentabilidade, a palavra que significa mudança.

Lojas usando Paletes.

Porém, essa história vem mudando nos últimos anos. Uma das ferramentas capazes dessa reorganização é o significado do termo sustentabilidade. Com a degradação de grandes ecossistemas do planeta, várias pessoas estão reutilizando materiais para a produção de produtos, com diferentes traços, colocando uma métrica original no processo de confecção. Os pallets é o material mais utilizado para a execução dessa regra.

Em várias casas já é possível detectar inúmeros produtos feitos com o material, desde estantes até decoração em jardins. As obras são realizadas por meios artesanais, resgatando uma das características do homem da criatividade. Ela vem sendo empregada em vários lugares, mostrando uma essência completamente distinta ao que grande parte da população mundial se acostumou a viver. Ser diferente, hoje em dia, não é crime, é salvação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *